Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2016 -

Dicas para arrumar um emprego neste natal

Nas prateleiras das lojas, os pisca-piscas, as bolas de Natal e o papel de presente começam a aparecer.

Você ficou um pouco desorientado por essa mudança repentina?

Tranquilo: é o Natal que está chegando.

Então espere um crescendo de canções de Natal, luzes coloridas, bons sentimentos e ... trabalho!

"Como trabalho?" você vai perguntando.

Sem erro, é exatamente o que quero dizer.

Todos saem, vão às compras, procuram presentes, gastam e compram. Uma primeira conseqüência é o aumento da linha que precisa ser feita para cada compra mínima ... mas, da perspectiva de quem procura um emprego, agora abre uma temporada com uma incrível quantidade de oportunidades.

Então, aqui estão 3 dicas simples para ajudá-lo a tirar proveito dessas fantásticas oportunidades e encontrar trabalho na temporada de Natal o mais rápido possível.

1. Aproveite suas Predisposições Naturais

A maioria dos empregos sazonais que se abrem no período de Natal são empregos que exigem pouca especialização - são principalmente caixeiros, empregados de embalagens para presentes, garçons e pessoal logístico.

Isso se reflete nos requisitos que as ofertas de trabalho exigem, que geralmente são genéricos e focados nos aspectos pessoais dos candidatos - como a atenção aos detalhes, a pontualidade e a precisão, a barba branca (mas isso apenas para as posições de candidatos Papai Noel!)

Isso significa que os potenciais concorrentes para esses empregos são muitos - e a concorrência é muito alta. O primeiro conselho que você pode tomar para ter sucesso em encontrar um trabalho de Natal é se concentrar em suas predisposições naturais.

Mas como?

Muito simples: procure trabalho nas áreas que conhece melhor.

Um exemplo prático?

Se você é um grande conhecedor da tecnologia, não tente encontrar um emprego em uma loja de perfumes - você deveria estudar um campo onde não sabe como se mover e que não é familiar para você e é difícil aprender tudo o que você precisa saber para fazer este trabalho da melhor maniera.

Então, mesmo se você enviar seu CV, todos aqueles que têm um maior conhecimento desse setor passarão antes de você.

Em vez disso, tente responder a todos os anúncios nas lojas de tecnologia, confiando em sua paixão pessoal. Você verá que o empregador estará mais disposto a contratá-lo se ele entende que não precisa explicar nada, porque você já é um especialista.

E isso é verdade para todos os setores, desde roupas até jogos, desde livros até música. Então, concentre-se no setor do qual você é apaixonado, e lembre-se de enfatizar essa predisposição.

2. Encontre Todas as Ofertas de Emprego, On-line e Off-line

Uma vez que você decidiu sobre a indústria em que deseja se concentrar, você deve buscar ofertas de emprego.

Neste ponto, você tem duas maneiras de busca para evitar perder as oportunidades de Natal: a busca on-line e a busca off-line.

Para pesquisas on-line, os motores de busca de emprego são de grande ajuda: são mecanismos de pesquisa que coletam todas as ofertas de emprego online, disponibilizando-as em um único portal (um deles é Jobbydoo - https://www.jobbydoo.com.br ).

Então, apenas uma única pesquisa, e você encontrará imediatamente as oportunidades de trabalho que estão abertas - e com apenas alguns cliques você pode se inscrever para todos os trabalhos que lhe interessam. Se você deseja iniciar agora para procurar o seu próximo emprego, aqui estão as ofertas que Jobbydoo coletou para trabalhar neste final de ano: https://www.jobbydoo.com.br/vagas-final-de-ano
Mas nem todas as ofertas de emprego estão online.

As pequenas empresas podem decidir não recorrer à rede publicando um anúncio de trabalho online, mas cobrir as posições abertas ao recorrerem ao mercado local - a maioria das vezes anunciam a oferta de trabalho com um sinal nas vitrines, ou confiam no boca-a-boca.

Para encontrar essas oportunidades também, não há outra maneira senão ir de porta a porta, de loja a loja, apresentar o CV e perguntar se eles precisam de um suporte para férias. Melhor ainda, se você é um cliente fiel das lojas onde você está procurando trabalho: se eles já conhecem você, pode ser ainda mais fácil ser considerado para o trabalho.

Bem, agora você sabe como procurar ofertas de emprego de Natal e onde. Ainda falta o "quando"!

Então, aqui está a última dica ...

3. Comece Agora

Você está lendo este artigo, e acha que ainda falta algum tempo antes do Natal, e pode esperar um pouco mais antes de procurar trabalho. Errado!

Não se deixe enganar: agora é o momento certo para começar a procurar emprego. Na verdade, as empresas calculam o tempo para inserir novas contratações de trabalho, para que possam contar com pessoal bem integrado ao início do período mais movimentado. Então as pesquisas para o período de Natal começam agora.

Outro aspecto que você tem que considerar para começar agora a procurar trabalho é que o tempo para esses trabalhos é primordial.

Uma vez que as necessidades das empresas são urgentes e não podem esperar, muitas vezes aqueles que respondem primeiro às ofertas de emprego estão em grande vantagem sobre todos os outros, então quanto mais cedo você começar, mais chances você tem.

Não perca tempo e não demora: comece agora a procurar o seu trabalho para este Natal!




Texto : Lisa Guterres



Foto   : Jornal de Luxemburgo

Dicas e truques - Como escapar do gemidão do whatsapp. Veja as dicas

O "gemidão do WhatsApp" é um fenômeno da zoeira. A brincadeira, que tem se espalhado por grupos do mensageiro pelo Brasil há algum tempo, consiste em compartilhar um vídeo (ou áudio) que parece verídico, mas embutir nele o som estridente de uma estrela pornô gemendo bastante durante uma cena. E como fugir disso? Se você já caiu ou passou vergonha com essa brincadeira, fique calmo: não é o único. Diversos casos têm se espalhado pelo país. Recentemente, a entrevista ao vivo do argentino Montillo, agora ex­jogador do Botafogo, foi interrompida pelo "gemidão" – o som deixou até o jogador desconcertado e o repórter em uma saia justa. Mas já teve tanto político caindo na sacanagem em Brasília durante sessão do Congresso quanto o hino nacional sendo interrompido em uma escola do Paraná, assim como um comentarista da ESPN Brasil sofrendo com a brincadeira ao vivo.

Para você fugir da brincadeira, fique esperto nas seis dicas abaixo:

Seis dicas para fugir do "gemidão do WhatsApp"

1 Desconfie de todos e todas Recebeu um vídeo que parece inocente em um grupo com alto perigo de "gemidão"? Vá com calma. É claro que muitas vezes clicamos impulsivamente ­ e a pessoa que compartilha o vídeo nos induz a isso. Mas fique esperto a todo o momento e siga a nossa dica.

2 Ache "spoilers" no restante da conversa Se você está suspeitando de um vídeo, aguarde um pouco e deixe a conversa seguir no grupo. Mas cuidado: é comum que até quem já abriu o vídeo e caiu no "gemidão" entre na brincadeira para enganar outros e não passar vergonha sozinho. Mas depois de algum tempo sempre tem aquele amigo revoltado que acaba abrindo o bico...rsss

3 Abrir vídeo em público? Não é um bom momento... Se for abrir o vídeo mesmo assim, que tal não abrir em público? Não adianta nem mesmo deixar o som baixo ­ o "gemidão" é colocado no vídeo com o som estourando para que a pessoa passe vergonha de qualquer jeito. Segurar a empolgação para abrir o vídeo mais tarde pode te salvar de passar vergonha na fila da farmácia.

4 Deixe o celular sem som Uma dica que funcionará é abrir o vídeo sem som. Dessa forma, você pode ver se o vídeo faz sentido com o que a pessoa comentou antes ou se a cena pornográfica aparece na tela em algum momento.

5 Fone de ouvido já salvou muita gente Essa dica é infalível e te fará passar menos vergonha: coloque o fone de ouvido para ouvir vídeos ou áudios no WhatsApp. É claro que isso não impedirá que o gemidão saia em alto e bom som nas suas orelhas ­ e talvez, dependendo do som do ambiente, a pessoa mais próxima a você vai ouvir também. Só que vai diminuir bastante a vergonha, né?

6 Ouça o áudio (ou o gemido, né...) com o celular no ouvido O famoso "gemidão" também tem aparecido por aí em áudios. Uma das formas de amenizar aquela baita vergonha com o som do gemido é, se você estiver sem um fone de ouvido, ouvir o áudio com o celular colado no ouvido, amenizando o som. Isso também evitará que muita gente dê risada da sua cara vermelha após cair na brincadeira. 



Já que está acostumado escute o gemidão remix rsss




Dicas e Truques : Dez infrações de moto que fazem você perder a carteira

Infomoto apresenta atitudes que geram suspensão direta do direito de pilotar, além multas que chegam a R$ 6 mil

Muitos acreditam que a "cassação" da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) acontece apenas quando se acumula mais de 20 pontos no prontuário no período de um ano.

Não é bem assim: existem algumas infrações de natureza gravíssima que, mesmo quando cometidas de maneira isolada, podem levar à abertura de um processo administrativo e fazer com que o motociclista perca o direito de pilotar por até oito meses.

“Certas atitudes colocam em risco a segurança de todos e geram, por si só, a suspensão da CNH”, alerta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran-SP. O período da suspensão varia de dois a oito meses, sendo oito a 18 meses em caso de reincidência.

Na maioria dos casos o histórico do motorista é levado em conta para a definição. Entretanto, situações como flagrante de embriaguez ao guidão, recusa ao teste do bafômetro e uso do veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via geram suspensão pré-estabelecida de 12 meses.

Além de não poder pilotar, o motociclista tem que pagar, claro, o valor da multa pela infração, que varia de R$ 293,47 a R$ 5.869,40, a depender da gravidade e do fator multiplicador da infração. Conheça abaixo dez exemplos:
1) Dar "empinadas"

Muitos gostam de provar sua habilidade “puxando um grau”, como é chamada a famosa empinada. Saiba que tal ação é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e suspensão automática da CNH. A coisa fica pior se houver outras motos fazendo manobras (como RL e zerinho) e a autoridade entender que houve demonstração de manobra perigosa. Aí a multa sobe para R$ 2.934,70.



Empinar a moto é outra infração considerada gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro - Imagem: Infomoto


2) Forçar passagem na contramão

Forçar passagem entre veículos que trafegam em sentido oposto é uma manobra comum em cidades cortadas por rodovias. Quando o trânsito está congestionado, muitos motociclistas circulam entre os veículos que trafegam nos dois sentidos. O valor da multa é salgado, R$ 2.934,70, e também gera suspensão da CNH.
3) Omissão em acidentes

Em caso de acidente, deixar de prestar socorro à vítima, alterar o local do acidente (dificultando o trabalho de perícia) ou mesmo deixar de se identificar ou prestar as informações solicitadas pelo agente do trânsito é considerado ato sujeito a multa de R$ 1.467,35 e processo de suspensão.
4) Pilotar sem equipamentos adequados

Pode parecer óbvio, afinal o capacete é o principal item de segurança do motociclista, mas circular sem o capacete, tanto piloto quanto garupa, é passível de multa de R$ 293,47 e vai acabar em “gancho” do seu direito de dirigir. As mesmas punições valem para quem pilotar usando apenas sandálias de tira ou vestimenta não apropriada.
5) Carona perigosa

Embora seja comum nos rincões do Brasil, transportar mais de uma pessoa na garupa é infração gravíssima punida com multa de R$ 293,47 e processo. Lembre-se que levar crianças abaixo de sete anos ou pessoa sem condições de cuidar da própria segurança -- alguém embriagado, por exemplo -- também é proibido.



Motociclista anda de moto usando chinelos e carregando criança menor de sete anos, duas ações proibidas pelo Código de Trânsito BrasileiroImagem: Infomoto


6) Trafegar com luz apagada

Um (mau) hábito comum entre muitos motociclistas é circular com o farol apagado, seja por esquecimento, desconhecimento ou problemas mecânicos. Isso também rende multa de R$ 293,47 e, por colocar em risco a segurança do próprio condutor e de terceiros, vai cassar sua CNH. Motos mais modernas, que possuem acendimento automático dos faróis, minimizam o problema.
7) Andar rápido demais

Muitos lamentam quando são multados por excesso de velocidade a 68 km/h quando o limite era 60 km/h. Pois saiba que transitar em velocidade 50% acima da permitida dá multa de R$ 880,41. Acontecer isso pode ser mais fácil do que parece. Em locais próximos a escolas, por exemplo, onde a velocidade máxima é de 30 km/h, caso o motociclista seja pego por um radar a 46 km/h terá que ficar sem pilotar por alguns meses.



Trafegar mais de 50% acima do limite de velocidade gera suspensão da CNH e multa pesadíssima - Imagem: Infomoto


8) Beber e assumir o guidão

Essa é das mais manjadas: estar embriagado e assumir o guidão da moto, além de ser extremamente perigoso, é um dos motivos que levam à suspensão do direito de pilotar, neste caso por um período de um ano. Sem falar na salgadíssima multa de R$ 2.934,70. Essas também são as punições para quem se recusa a fazer o teste do bafômetro.
9) Furar uma blitz

Muita gente tenta furar o bloqueio ao se deparar com uma blitz de fiscalização. Tal atitude custa a abertura de um processo administrativo e multa de R$ 293,47, além da dor de cabeça para se explicar com a polícia.
10) Fechar uma via

Usar a moto ou qualquer outro veículo de maneira deliberada para fechar uma via, impedindo ou dificultando a circulação de outros veículos – pode custar ao proprietário a salgada multa de R$ 5.869,40 e a suspensão da CNH.



Fonte : UOL
Texto  : Cicero Lima - Infomoto
Fotos  : Infomoto